quinta-feira, 30 de agosto de 2012

De malas prontas! Vem comigo, vem?

Sumi um tempo, peço desculpas e trago uma novidade.

A partir de agora, o blog muda de endereço e passará a fazer parte da equipe do R7. Sim! Vou ser amiga de redação da fofa da Estopinha e do Dr. Pet.

Entre vocês e eu, nada muda. Só escrevo pq tenho vocês e nunca me esqueço dos amigos amados que fiz. Nunca! Só que agora, nossos gritos serão ouvidos por mais gente, pois temos um veículo maior para ajudar a divulgar as histórias.

E quero que todo mundo salve o endereço aí nos favoritos do computador, lá vai: http://noticias.r7.com/blogs/patas-ao-alto/ Este endereço do blogspot tem a nossa história e não vai sair do ar. Só que as atualizações daqui pra frente, estarão lá.

Então, Juju e eu veremos vcs no R7. Muitas lambidas!

sábado, 28 de abril de 2012

sábado, 10 de março de 2012

Mal estreia, Uggie se aposenta



Quem viu o premiado filme O Artista já conhece o cãozinho Uggie. Ele sim é o artista do filme. Não tem para o ator mudo, nem para a mocinha graciosa. Uggie rouba as cenas.

Mas ele foi diagnosticado com uma doença neurológica misteriosa que lhe causa tremedeiras. Para a tristeza de todos, não vai mais trabalhar. Uma pena.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Vms lá, todos me ajudam a ajudá-lo



Este vai para a série cães maravilhosos sem lar (só por enquanto).
Fofo até dizer chega, esse bebê foi encontrado ao lado da mamãe atropelada e não tem onde ficar.
Está com uma protetora amiga, a Sueli, mas ela tem muitos lá e não pode ficar.
Repassem o link do post e vamos achar uma casa para esse fofucho. Que tal? Vocês me ajudam? E quem se interessar me passa telefone e e-mail. Um, dois e já!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Pérolas são eternas



Preta é uma sobrevivente. Ela foi envenenada 3 vezes com o tal chumbinho e está firme até hoje. Valente em sua doçura, ela cresceu na rua no litoral de SP e conquistou o coração de Mirtes Mônaco, que tem casa de veraneio por lá.

Mirtes a ajudava pontualmente, quando ia. Até que um dia a cachorra ficou prenha. Ela a recolheu e transformou em confidente. São 12 anos que juntas. Calcula-se que Preta tenha uns 16. Clássica e imponente, nunca sai sem seu colar de pérolas, nem para ir à pracinha da esquina.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Sebá encara os degraus macabros



Sebá, de Sebastian, ou mesmo, Sebastião. Poucos meses. Ele estava na rua, na noite de um domingo escuro, e o carro da minha humana quase o pegou.
Sebá correu para debaixo de outro carro estacionado. Ela parou, agachou-se e não saiu de lá enquanto o bicho não tirasse aquele focinho para fora. Devagarinho, criou coragem e veio espiar quem o chamava.
Bastou uma patinha de fora, e ela o puxou. Levou para casa, deu um trato e hoje ele está lindo.
Não sei se será doado ou se ficará conosco.
Enquanto isso, vamos descobrindo os segredos dele, como o medo de descer escadas. Olha que fofo:

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Cachorra adota chimpanzé rejeitado



A família de mastiffs ganhou um novo bebê. Rejeitado pela mãe, o filhote de chimpanzé foi levado para a casa de um funcionário de um zoo da Rússia. E não é que a mastiff adotou o fofo? Ele agora come com os filhotes e brinca com a nova mamãe. A história saiu no jornal inglês The Sun.

sábado, 31 de dezembro de 2011

2012 corajoso a todos



Neste ano que vai entrar, vamos por as patas no chão.

Desejo que seja um ano de escolhas certas, de avaliação de erros e, principalmente, de consciência do potencial de cada um.

Como temos todos os dias, e não só o dia 31 de janeiro, para mudar o que não gostamos, desejo isso: mude aquilo que não presta. Mude.

Deixo aqui um uivo especial a todos os bichinhos que sofreram neste ano. E foram muitos os casos.

E um latido de alegria a todos os humanos que tiveram a coragem, a disposição e o despreendimento de ajudar um animal que fosse, neste ano.

Sendo utópica, do fundo do coração, quero que todos os viras abandonados consigam ter essa cara de felicidade da Juju na foto.

Muitas lambidas principalmente aos meus amigos que sempre vêm ao blog. Só continuamos pois vocês estão conosco. Muito obrigada!

Maguinha e Feijuca

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Golden sorri e curte um som. Duvida?

Quando era pequenina, eu só acalmava ao som do violão. Aquele agito que me fazia roer paredes de tijolos só passava quando ligavam João Gilberto.

De uma forma mágica, o som ordenava meus neurônios, eu sentava ao lado da minha humana e logo estava lá hipnotizada, quietiiiiinha só para ouvir. Chega de Saudade sempre foi minha preferida. Gosto até hoje.

Depois daquele ano, em que a música fez parte do meu cotidiano, ela se calou por um tempão. Foram muitas idas e vindas, até tudo estabilizar em casa. Mas agora ela parece ter voltado. Não sei dizer como, mas sinto um respiro.

Para quem não acredita que os cães curtem música, segue um vídeo (obrigada, tio Felipe Gladiador pela dica!) de um Golden que pode provar que digo a verdade:

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Huski aprende a refrescar-se com gelo

Oficialmente, começou o verão. E a minha casa é um forno.
Hoje, descuidaram de mim e eu enfiei minha fuça dentro da bacia com roupas de molho. As roupas espalharam todas pelo quintal, e aqui em casa ninguém ficou feliz comigo.

Mais esperto é este huski, que sabe pegar o gelo direto da geladeira, espie só:

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

George Clooney adota bicho de abrigo


Fontes: Revista Época/Anda

Esse cãozinho Eisntein é muito sortudo. Ele foi adotado de um abrigo por George Clooney (ah, vai, um latido para ele!).

O ator contou à revista Esquire que, quando foi escolhê-lo, a associação disse que o cão só ficaria com ele se gostasse do ator. Esperto, o astro esfregou almôndegas nos pés, e, claro, o cãozinho colou nele assim que o viu.

“Ele se atirou no meu pé. Desde então Einstein me vê como o cara que tem comida nos pés. Ele me adora e me segue para todos os lugares”, diz.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

A monstra e o york


(foto ilustrativa, da web)

Todos os dias são inúmeros os casos. Não costumo repassar, pois isso todo mundo já fez. São sofridos, e, sem exagero, essas histórias me destroem e provocam o que existe de pior em mim.

Não posso deixar de comentar a morte do yorkshire pela monstra. Tivemos uma irmazinha york em casa, e sei que esse bicho é daqueles que amam seus humanos. Amam, confiam e choram pela falta do dono.

A monstra ainda botou a culpa no bicho, como relatou a Anda, e também desdenhou da justiça "podem denunciar, não vai acontecer nada". Basta ver no twitter dela. Triste.

E sim, enquanto nossa legislação for fraca, enquanto a polícia não der a atenção merecida a casos como esse, os monstros vão continuar a espancar e matar os bichos, sem, no entanto, haver punição alguma.

Sei que é chover no molhado. Sei que todo mundo já disse isso. Mas não pude deixar passar.

Substituo meus latidos por uivos, daqueles bem sofridos, e divido-os com vcs.
=(

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

S. Benê e os ricos subprefeitos de SP



Seu Benê mora na rua e tem três cães, seus amores, dos quais se recusa a se separar para ir a um abrigo da prefeitura. Ele costumava dormir em uma praça, na Barra Funda (SP).

Mas a prefeitura expulsou seu Benê e os três cães da pracinha faz alguns dias. Ele foi para a calçada ao lado. Ontem, passei por lá, mas S. Benê saiu também da calçada, pois a prefeitura não o deixou ficar ali.

Ao mesmo tempo, ontem, a mesma prefeitura de SP aumentou o salário dos subprefeitos de 6,5 mil para 19,2 mil. Natal gordo!

Além deles, os chefes de gabinete se deram bem. Os salários foram de 5,4 mil para 17,3 mil.

Os secretários (e superintendentes, presidentes e diretores de fundação) também não escondem a felicidade com a generosidade dos paulistanos, que por meio de seus representantes, subiram o seus salários de 6 mil para 18,3 mil!

Sim, somos uma população generosa. Enquanto isso, vai saber para onde seu Benê levou a carroça e seus cães. Mas claro, a gente entende que a prefeitura não tem dinheiro para dar vida digna para pessoas sem casa que têm cães.

Ela nem consegue, sem verba coitada, ajudar abrigos de bichos, retirados das ruas da própria cidade por protetores independentes, que se esfolam pelos animais. Isso não.

Que beleza de Natal, hein, seu Kassab? Parabéns.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Eu sugiro Farofa (combina com Feijuca!)

Danilo Gentili adotou uma vira-linda! Feijuca e eu viramos muito fãs dele. A notícia veio da Anda, da qual também somos fãs.
Espie a fofinha abaixo e pense em um nome para ela!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Cásper, o bom de banho

Esse vídeo que o tio Vilson me passou é fofo até dizer chega. Mas atenção, humanos: não tentem fazer isso conosco em casa, pois, no mínimo, vamos ganhar uma bela dor de ouvido.
É curtinho. Vejam e depois digam se não tenho razão:

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

A confiança não morre



Hera foi mãe de forma inesperada. Ela nem queria saber de maternidade, pois tinha muito a aproveitar. Mas como foi jogada na rua e ninguém a castrou, ela acabou entrando no cio. Hoje, com 13 bebês, nem se lembra mais qual dos cachorros fez filhotinhos nela. Acompanhe a entrevista:
Patas ao Alto! - Você tem algum sonho na vida?
Tenho, quero encontrar um lar para os bebês. E claro, se alguém se dispuser a me amar também, mesmo depois do que passei, ainda prometo doar lambidas e amor a um humano.
Patas ao Alto! - Como assim? O que aconteceu?
Fui jogada na rua, atropelada, tive fratura pélvica e deslocamento de um disco da coluna. Mesmo nessa situação, tinha um humano que não ia com a minha cara e me batia. Eu me encolhia, chorava e rezava para sumir dali. Ainda bem que fui resgatada e tratada.
Patas ao Alto! - Mas e a gravidez?
Descobri os filhotinhos depois de tratada, quando mandaram-me para a castração. Até achei uma família que me adotou, mas me devolveu, deve ser porque descobriram que eu tinha bebês na barriga.
Patas ao Alto! - Mesmo assim vc ainda confia em um humano?
Sim.

Hera e os bebês podem ser encontrados pelo e-mail da Sheila: sp_tudrey_79@hotmail.com

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Gata contrata galinha para babá

Foi no interior de SP. Veja que fofura a família inusitada:

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Cão não abandona o dono que morreu

Notícia que saiu da caxola da tia Mari, do R7. Ela achou essa história do cão chinês que não sai do cemitério pois quer ficar ao lado do dono, que está enterrado. Leia tudo aqui. Triste, mas emocionante.
Se alguém conhece histórias do tipo pelo Brasil, por favor, mande-me que vou farejar.
Assistam ao fofo:

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Dog plus size


Assim como os humanos, os cães e outros bichos estão ficando cada vez mais gordinhos. Eu estou aí para comprovar o estudo que fala da obesidade nos animais, da universidade do Alabama, nos EUA.
Cada vez mais pançuda, agora vou virar uma pipa. Parei de comer ração light, pois tive um problema sério de pele. Mudaram minha comida para uma especial, mas que não é dietética. Resultado? Pança maior.
Perguntei ao Dr. Roberto, o tio que cuida da minha vacinação, se o peso tem a ver com a castração, mas ele me disse que muito disso é mito. E deve ser mesmo, pois Feijuca tb foi castrada e, no entanto, é uma Gisele Bundchen.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Ensaio sobre a covardia

video
Sábado, minha humana foi a um cemitério levar flores a pessoas amadas.

Eis que ouviu um miadinho fraco atrás de um túmulo. Era uma bebê felina, uma gatinha de poucos dias. Prontamente, ela a levou para a casa. Nós limpamos, demos leite na mamadeira, aquecemos, levamos ao veterinário, demos os remédios. Linda, parecia um bibelô. Por dois dias ela ficou bem, mas agora de pouco, ela morreu.

Queria ter a chance de pular na jugular dessa pessoa covarde que joga um nenê como se fosse lixo. Poucas coisas me tiram do sério, embrulham meu estômago e despertam o que há de pior em mim e são exatamente essas qualidades podres de algumas pessoas: maldade e covardia. Triste, e sem mais palavras por hoje.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Quer brincar comigo?

Hoje estou de castigo. Tenho um machucado na barriga com curativo, mas fico arrancando toda hora. Tem alguém aqui de butuca em mim o dia inteiro, só pra dizer o "não", a cada vez que tento atacar o esparadrapo.
Para me divertir, recorri à internet. E achei a diversão na Anda, que postou esse vídeo aí. Olha que coisa mais fofa (desculpe, sabemos ser fofos até com estátuas):

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

E o tempo fechou


Em casa, todos costumamos ajudar as pessoas pobrinhas que têm companheiros de quatro patas. Sempre temos comidas de gente e de cães a postos. Mas nem todos esses humanos são bons.

Em um dos passeios de carro com a minha humana e a Juju, uma pessoa se aproximou de nós.

O vidro do veículo estava fechado, e não abrimos, pois já era noite. De repente, a pessoa encostou a cara no vidro e bateu. Farejando algo errado, começamos a latir.

Ele bateu novamente, mas não abrimos, e o bendito farol não ficava verde.

O humano do lado de fora ficou ofendido com os latidos e o vidro fechado. E para provar que era uma ótima pessoa, gritou e chutou o carro em que estávamos. Ficamos ainda mais furiosas, e minha humana, extremamente amedrotada e com uma tristeza sem fim.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Conhece o quebra-cabeça para os cães?




Fui me divertir na feira de produtos para pets e aproveitei para contar tudo em uma matéria que saiu hoje no portal R7.
Lá, testei o GPs pra cães, o brinquedo inteligente de cachorro, um quebra-cabeça, e os novos petiscos, como ossinhos flexíveis. Não deixe de ver tudo! Além disso, tem lá uma votação para você opinar: Que tipo de brinquedo seu melhor amigo mais gosta?

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Cada um olha pela sua janelinha


A lei diz que temos que andar de carro só na parte traseira, dentro do veículo, ja-mais na caçamba, ao Deus dará, e nunca do ladinho do dono, na frente (umpf!).

Devemos ainda ser presos por cintos ou na gaiolinha. Na gaiola já avisei que eu não fico.

Mas a legislação não diz para onde devemos olhar enquanto somos transportados. Ahhh...

Então, presa por cinto de segurança, eu olho para o motorista. Encaixo minha cabeça nesse espaço aí estratégico, localizado entre os bancos, e fico de butuca, para checar se a pessoa está mesmo dirigindo direitinho.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Calendário do bem


July, quando ainda era uma bebê magrela, vivia em uma construção, toda judiada. Sua atual dona a viu saindo do meio de um monte de areia e, depois disso, nunca mais se desgrudaram. Hoje a cadela virou uma celebridade vira-lata, como foi a Feijuca no ano passado, lembra?

Agora, o projeto festeja a ajuda a mais de mil animais. A edição do calendário Celebridade Vira-lata 2012 já está pronta e mais linda do que nunca.

Quer ver? Tem essa matéria no portal R7 que conta tudo sobre os bichos. Emocione-se com as lindas histórias.

sábado, 8 de outubro de 2011

Cães modernetes viram livro





Um escritor gringo criou um livro que vale o post.

Christopher R. Weingarten reuniu fotos de cachorros modernetes, ou "hipster", e as publicou na obra Hipster Puppies.

Tem do cão DJ ao bicho estilo Neymar. O termo hipster se refere àquelas pessoas descoladas, com estilo único e bem moderninhas, sabe como?

Apesar de, em alguns casos, eu não concordar com humanos que nos colocam em situações ridículas, deixo minha rabugentice de lado e reconheço que há, sim, imagens engraçadinhas.
=)

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Você conhece Boo?




Convencido, o cãozinho declara em seu perfil virtual: "people love me!".

Apesar da pouca modéstia, ele tem razão, as pessoas o amam.

Trata-se de um cão muito pop (milhões de vezes mais pop que todos nós), que conseguiu a façanha de mais de dois milhões de amigos no Facebook para ler seus latidos.

Boo ganha um brinquedo? Pronto, vira notícia. Boo corta o cabelo? Dá-lhe clique para ver a peruca nova.

Também, tenho que concordar, o cão é mesmo tão fofucho que parece de brinquedo. Na web tem milhões de vídeos entitulados Boo. Mas esse é mesmo com o fulano, publicado pelo jornal The Sun, nossa fonte inicial. Olha só:

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Fotos lindas, bicho feliz


Fotógrafo especializado em fazer book de cães e gatos já não é novidade.

Mas, profissionais que dedicam parte do seu trabalho para fazer fotos de animais no intuito de ajudar na adoção, ou mesmo a sensibilizar a população, isso sim vale um post.

A matéria abaixo conta a história da fotógrafa Teresa Berg, dos EUA. Depois que começou a fazer fotos lindas dos bichos de um abrigo, ela conseguiu que eles fossem adotados muito mais facilmente.

O ser humano é um bicho tonto e gosta de uma maquiagem, não é? Enfim, o trabalho dela é valiosíssimo.

Aqui no Brasil, conheço um que dedica um tempo por ano para fotografar vira-latas para um calendário, cuja venda ajuda em multirões de castração. Trata-se do tio Lionel, que faz imagens para o Celebridade vira-latas.

Assista ao trabalho de Teresa e surpreenda-se com o resultado:

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Look do dia


Ando muito pelos parques e praças da vida e, por isso, também encontro figuras impagáveis que merecem registro.
Esse pug vale meu post. Então, como nos blogs das fashionistas que postam o look do dia, aqui vai ele pela passarela da grama, todo sexy, com seu jeans básico.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Lindo.


Bia, mãe do Barba, mandou no face. Brunno, pai da Lyla, tb postou.
Para inspirar. Para pensar. Para aquele que ainda não desenvolveu essa compaixão por um animal. Para quem já desenvolveu e se emociona com isso. Para todos nós aprendermos algo.

Sala, TV e tong. O que mais posso querer?



Esta é minha cama na casa nova. Feijuca, eu e o tong nos espalhamos nesse colchão. Tong é meu brinquedo azul, aí debaixo da minha pata.
Nosso canto fica em espaço nobre da sala, ao lado do sofá da família, de frente para a TV e juntinho ao local de trabalho dos humanos.
Ou seja, estou onde queria estar. Tenho me comportado, jamais faço xixi na madeira e não meto meu focinho em CDs e DVDs, que estão ao meu alcance.

Masssssss, nem todo mundo em casa está tão feliz como eu. Tem gente querendo arrumar uma caminha para nós duas laaaaaá longe no quintal.

Não sei como vai ficar a situação. Mas vem cá, e o seu cão, onde ele costuma dormir?

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Shiva pode miar sua casa


Shiva tem pouco mais de um mês. Com apenas 10 cm, ela foi encontrada agora a pouco jogada em um terreno na zona Norte de SP.

Alguém quer a fofura?

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Esse vale um latido (meio latido, vai)




Tem uma loja de materiais de construção que pensou nos cães. Bom, ponto para eles.

A rede criou um carrinho de compras especialmente feito para que o cão acompanhe seu humano na escolha de tintas, portas, janelas e tudo mais que compõe uma casa.

Mas não vou fazer propaganda deles aqui, pois no carrinho criado não coube a minha pança. Ajeita daqui, põe a pata acolá e nada. Não houve jeito de me manter no carrinho.

Resultado? Não pude entrar na loja e tive que e chamar a Violeta, na foto, para fazer o test drive por mim.

A pequena me contou que, apesar de pensar em pular do transporte várias vezes durante o passeio, todos lá dentro da loja a trataram muito bem sobre as rodinhas.

De qualquer forma, é uma baita descriminação com cães maiores que sempre são barrados por terem pernas, focinhos e panças grandes.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Atenção, sr. cão


Assim como eu fiz, os cães deveriam aprender a ler e escrever.
Trata-se de uma questão de cidadania. Agora, as placas de rua vêm adaptadas para a nossa espécie, como a desta praça, em Perdizes, em São Paulo.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Surpreenda-se com Lyla


Lyla é uma dálmata muito especial. Inteligente e cheia de pintas, Lyla obedece a tudo, mas não escuta nada. Ela nasceu surda.

Por não ouvir, chegou a ser rejeitada por um clube que treina cães. Disseram que seria muuuuito difícil ensiná-la. Puro preconceito.

Para o dono, Brunno, isso não fez a mínima diferença. Ele a ensinou tudo com a linguagem dos sinais. Levanta a mão, e ela senta. Aponta perto, e ela vem. Fofa até dizer chega.


Até hoje, eu não levo a bolinha de volta. Tampouco ando sem coleira junto da minha humana, sem fugir ou dar trabalho. Já Lyla...

Brunno é realmente um cara de muita sorte.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Mia, a gata-cachorra que passeia



No dia da Independência, vou contar a historinha de uma gata. Todos acham que gatos são independentes e nem se preocupam com os donos. Um erro.

Esta é Mia. Ela gosta de dormir em cima da TV, de brincar com Jack, o cão, e, curiosamente, passeia ao lado do cachorro encoleirado.

Sim, a família sai para passear na pracinha, e a gata vai ao lado, juntinho, brinca na grama e volta com Jack para a casa.

Ela também conhece o barulho do carro dos donos, exatamente como o cão, e faz questão de esperar na frente de casa, para fazer festa quando alguém chegar.

Isso foi só uma pílula, destinada aos que acham que gatos só pensam em si e não precisam dos humanos. A jornalista Claudia Pinho, a dona, conta aqui toda a historinha de Mia.

sábado, 3 de setembro de 2011

Este vale um latido



Não adianta reclamar, rosnar quanto menos fazer cara feia. Os cães já fazem parte da família.
A prova disso é que muitos lugares espertos se adaptam para o novo freguês. E com isso, ganham fãs humanos e caninos.
Começo hoje a seção "Este vale um latido". Aqui, só entram lugares em que fui bem recebida e que alguma iniciativa foi tomada para que eu me sentisse à vontade.
Começo com esta loja dos jardins, em SP, a Bya Barros Express. O lugar descolado, que parece um pedacinho do Soho em NYC, tem com um bom gosto de uivar de tão bacana.

Mas o que me chamou atenção mesmo foi o Dog Bar, na foto acima.
Basta apertar um botão com o pé, e o bebedouro jorra água fresquinha para os cães que estão lá a passeio.
Amei, vale o meu latido e a sua visitinha.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Maga no scrap



Cola daqui, recorta de lá, e ficou pronto o álbum de scrap feito de presente para mim.
Não é um capricho? Essa minha tia Lara faz um trabalho para lá de lindo e caprichoso. Bom, só pelo que eu ganhei, aí em cima, já dá para sacar.
Quem quiser espiar mais trabalhinhos dela pode clicar no blog: http://lara-margot.blogspot.com/

terça-feira, 30 de agosto de 2011

1 milhão contra rodeios



Feijuca e eu apoiamos a causa. Nós odiamos rodeio desde que nascemos. Ela nem quis mostrar a cara de raiva dos peões e virou de cabeça para baixo na foto.
No sábado, vai ter um manifestação na paulista que reunirá todo mundo que acha a crueldade lícita um absurdo. Está nesse link do facebook. Será das 10 às 13h.
Até lá!

domingo, 28 de agosto de 2011

A história de um cachorrão



Ele foi abandonado, acorrentado a um poste na periferia, levou pauladas de gente desmiolada e, por fim, achou uma família linda de viver. O cachorrão tem menos de um ano e é um doce. Veja a historinha de sua recuperação. Linda!
Teve até matéria sobre ele no R7.
Obrigada, Lara, Tchesco e banda Quinta Nova, que cedeu a música fofa.