quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

A insuperável sujeira do ser


Justamente por ser branca, vivo encardida. Um dia antes de passear, tomei banho para sair com cara de limpa nas fotos. Mas sabão não adianta, canso de latir isso em casa. Assim que me soltaram, pulei dentro do poço de lama que tinha no local, e aí voltei ao tom normal da minha pelagem.

2 comentários:

Vanessa disse...

ahahahahahaha
Maga vc só apronta!!!
Bjãoooooo

gislainesilveira disse...

hahahaha...parece o Théo...estava cheiroso e limpinho e foi ficar roçando no gramado com lama do parque...Pestinha!!!!srsrsrs