segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Reino encantado



Se há um cheiro diferente, planta, papel ou coisa que vale uma lambida, vai para minha boca. Outro dia, na casa da vó, achei um negócio bacana. “Casa da vó” é o reino encantado, no qual há espaço para corrida, jardim, grama com placa “É permitido rolar”, vasos, que adoro arrastar, e até árvores. Inclusive tem uma árvore que joga bolas pretas em cima de mim, e resolvi saborear uma fruta gentilmente cedida pela planta. Passa na bochecha direita, passa para a esquerda, e assim fiquei tentando desvendar o mistério daquele fruto. Enquanto isso, corriam como loucos atrás de mim, pois achavam que eu havia capturado ossos de frango, proibidos. Quando me alcançaram, tomaram a guloseima da minha boca. Era uma jabuticaba, que não
consegui sentir o gosto. De tão delicada a danada, nem a mordi.
Veja o vídeo da cadela mais esperta que eu, que consegue roubar a frutinha do pé

Um comentário:

Gislaine disse...

Essa Maga é uma fofa!
Qdo leio até deixo de ficar com raiva do meu Théo que tb come td que vê pela frente!rs