domingo, 6 de setembro de 2009

Novo sofá


Essa é minha amiga Nina. Aos dois anos, ela se viu sem casa. Como um brinquedo quebrado, os donos resolveram que não a queriam mais. Quando vão entender que somos parte da família, e como filhos nos apegamos, portanto não podemos ser entregues por aí? Mas ela teve sorte, pois conseguiu um espaço no sofá e sob as lentes do fotógrafo Júlio.

Um comentário:

Gislaine disse...

Pessoas desse tipo deviam ser proíbidas de terem bichos!
Eu peguei um cão de rua pra cuidar e dar pra adoção, mas depois que a primeira garota que apareceu veio dizendo que queria um cão já vacinado, etc, etc, percebi que não estava afim nem de gastar com o bichinho! Desencanei, fiquei com ele pra mim! Eu pelo menos sei que qualquer coisa que ele precisar vou fazer sem dó, e também não vou julgá-lo por não ser de raça!