quarta-feira, 18 de março de 2009

O calopsito e a franga


Gente, sobre o post de ontem, aí abaixo, recebi uma carta da Cremilda:
"Querida Magali
Infelizmente tive que sair às pressas e acabei deixando vocês preocupadas. Eu não estou morta, aqueles restos de borracha que vocês encontraram pela casa são apenas restos da minha troca de borracha mensal. Na verdade, eu me apaixonei por um pássaro. Ele não é da minha espécie, mas é um sujeito muito legal. Não é muito bonito, cinza com amarelo, mas é cheio de personalidade. Peço desculpas mais uma vez.

beijos,
Cremilda, agora Vivilda"

Um comentário:

andreholmes77 disse...

Maga,

Pena que sua ammiga fugiu, mas o amor é assim mesmo. A gente faz loucuras para ficar com quem amamos...
Sou um mega fã de seu blog, é como se vc morasse aqui em casa...
muda a raça e o nome, mas a bagunça é sempre a mesma.